O estilo Escandinavo faz menção ao estilo do norte da Europa, mais especificamente da região da Escandinávia, que abrange a Noruega, a Suécia e a Dinamarca. Surgiu no início do século XX e adquiriu as características dos artesanatos regionais e paisagens desta região. Um dos principais responsáveis pela criação e difusão desse estilo é Carlo Larsson, um designer que uniu o artesanato típico escandinavo às cores neutras e aspecto rústico das paisagens da região. Com pitadas de peças vintage, este estilo combina o tradicional ao moderno, de um modo simples, minimalista, mas que não deixa de ser muito elegante.

No geral, acredito que lares escandinavos são muito convidativos e aconchegantes, já que, tradicionalmente, esse é um povo que prefere receber amigos em casa ao invés de sair. Eles têm uma pose de local despretensioso, com jeito de viver simples e feito para agradar a todos!

Cores e acessórios

Além das cores mais pálidas, o estilo escandinavo também se caracteriza bastante pelos espaços amplos e bem iluminados. Isso porque os países escandinavos passam por muitas horas de escuridão nos meses de inverno e baixíssimas temperaturas (podem chegar a -30°C !!!), sendo assim, as residências necessitam levar o máximo de claridade para dentro dos ambientes.

Para aquecer, se fazem super necessários os tapetes, mantas e almofadas, que deixam o ambiente mais confortável e aconchegante! As mantas estão presentes em todos os lugares, podem ser de lã, pele.

Canto Sala Estilo Escandinavo

Como não poderia deixar de ser, o branco é cor predominante neste tipo de decoração, juntamente com o preto e os tons de cinza. Para dar mais bossa ao ambiente, também é muito importante criar pontos focais, com elementos com cores naturais e metalizados, que contrastam com as cores neutras.

MOBILIÁRIO

O mobiliário também tem papel fundamental. Os móveis em laca ou de madeira natural contribuem para trazer mais aconchego ao ambiente. Escolher uma peça assinada por um designer, ou um mobiliário vintage também são uma ótima pedida, e podem ser o charme especial do seu espaço!

Como esse estilo tem foco na autenticidade e na sustentabilidade, trazer peças clássicas pode ser grande parte dessa brincadeira. Existem infinitas maneiras de complementar o décor escandinavo com peças antigas e, realmente, não existem regras para esse mix. Particularmente, acho muito charmoso combinar objetos da mesma época e do mesmo país. Traz coerência estética aos ambientes 🙂

Quarto Estilo Escandinavo

Nesse estilo os pequenos detalhes também podem ser os discretos protagonistas da história, objetos “esquecidos” no chão, pequenas luminárias em lugares inusitados, criando um ambiente despojado e informal.

As plantas, como não poderia faltar, trazem o verde e a vida para dentro de casa!

NOSSA INSPIRAÇÃO PARA ESSE ESTILO

Nós do COB preparamos um ambiente especialmente criado aos moldes do estilo escandinavo, colocando em prática todas as dicas que demos acima 🙂

Que tal? Gostaram?

Nós adoramos esse estilo <3

Vale lembrar que essa tendência serve para ser utilizada em todos os cômodos da casa, do quarto à sala de estar. E apesar de aparentemente simplista, não deixa a desejar quando o assunto é elegância e bom gosto.

Trata-se de um estilo que imprime características mais próximas das pessoas e seu estilo de viver a vida!

Para compor esse espaço, escolhemos o mobiliário da INUSUAL – Móveis e Decorações, então, se você gostou dessa composição, pode comprar os móveis online e receber em casa (!!!) Demais, não é?

Quer saber mais sobre a parceria do COB Arquitetura e Design com a INUSUAL? Clique aqui que te mostramos como renovar seu ambiente de uma maneira rápida, prática e acessível 🙂

Post originalmente feito para o blog do COB: http://cobarqedesign.wixsite.com/home/single-post/2017/05/15/Escandinavo-Less-is-more

Autor

Raquel Scussel Guarda, nascida em Bento Gonçalves, Serra Gaúcha, formou-se em Arquitetura e Urbanismo em 2015, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre - RS. Estudou arquitetura durante um ano na Università Degli Studi di Firenze, em Florença, Itália, onde aprimorou seus conhecimentos em restauro e design. Recentemente trabalhou em alguns projetos na Cidade do México, juntamente com a empresa multinacional McBains Cooper.

Escrever um Comentário