Um bom revestimento térmico em casa garantirá um lar mais aconchegante em todas as estações do ano. Isso porque o isolamento térmico mantém o ambiente mais quente no inverno e mais fresco no verão. Casas nas cidades de Petrópolis e Teresópolis, parte da Microrregião Serrana do Rio de Janeiro, onde pode fazer 27 graus no verão e 10 graus no inverno, necessitam de um revestimento de qualidade.

Se você for construir sua casa do zero, é possível pensar em uma vasta gama de alternativas que podem influenciar no isolamento térmico da casa, como o terreno e sua localização em relação ao sol. Já quem vai comprar um imóvel em uma localidade mais fria deve buscar por aqueles que já venham com algum tipo de revestimento ou buscar uma opção viável que não exige muitas reformas.

O revestimento do piso é relativamente fácil de ser alterado, visto que os avanços da tecnologia tem trazido alternativas diferentes para evitar o quebra quebra. No post de hoje, vamos mostrar o que deve ser buscado na hora de escolher os pisos e revestimentos mais adequados para ambientes frios.

 

Quais características buscar na hora de escolher o revestimento?

Quando tratamos de isolamento térmico, estamos falando de física pura! Cada material possui um coeficiente de condutividade térmica, que diz respeito ao quão rápido ele esquenta ou esfria, ou seja, sua habilidade de conduzir energia térmica. Quanto mais rápido ele muda de temperatura, maior o seu coeficiente, e quanto mais devagar, menor o coeficiente. Por exemplo, enquanto o alumínio tem coeficiente 237, um tijolo tem coeficiente 0,6.

Na hora de procurar o melhor revestimento para isolamento térmico, busque por materiais que possuam propriedades naturais relacionadas ao seu baixo coeficiente de condutividade térmica. Um bom exemplo é a madeira do tipo pinho, material que apresenta um coeficiente de 0,13.

 

Revestimentos ideais

Madeira

O revestimento em madeira é o mais recomendado para ambientes frios. Ele traz um ar de elegância a casa e pode ser encontrado em diversos estilos: rústico, tratado, com verniz fosco, brilhante, em formato de régua, tacos, mosaico (parquet)… Sua limpeza e manutenção é tranquila, exigindo não mais do que uma simples vassoura. Porém, os produtos químicos utilizados para conservar a qualidade do material devem ser exclusivos para madeira.

O piso de madeira, entretanto, não é de tão fácil aplicação. O ideal é que você construa sua casa com um piso de madeira de sua preferência, visto que existem diversos tipos que podem se adequar a sua necessidade. No caso de um imóvel já pronto, há necessidade de quebrar o piso inferior para sobrepor o de madeira. Este e outros detalhes devem ser levados em conta na hora de decidir por comprar uma casa pronta ou um terreno para construir

Bambu

O bambu é uma alternativa similar a quem busca um revestimento em madeira, mas com um ar mais rústico. Ele tem todas as características de isolante térmico e ainda acaba sendo moderno e diferente, com uma pegada ecológica. Além disso, é um ótimo isolante acústico e resistente à umidade. Assim como a madeira, ele exige que o contrapiso seja retirado para poder ser instalado da maneira mais adequada possível.

Se você busca comprar uma casa ou um terreno em Teresópolis, que é uma cidade úmida, o piso de bambu é uma alternativa interessante. Para saber mais sobre compra e venda de imóveis no estado do Rio de Janeiro, acesse o portal Ei Imóvel.

Laminados

Os laminados apresentam um aspecto muito similar ao piso de madeira, são resistentes e práticos. É uma bela opção quando se leva em conta o custo x benefício! Varia em cores, texturas, além de poder ser comprado com ou sem vinco.

Como comentamos anteriormente, esse tipo de piso é muito prático em sua aplicação, podendo ser aplicado por cima de outro sem necessidade de quebrá-lo. Utilizando o sistema click, ele pode ser aplicado em até um dia sobre contrapisos nivelados, sem umidade ou imperfeições, sejam eles cerâmico, vinílico, madeira ou cimentício.

Vinílico

Assim como os laminados, o vinílico é uma alternativa muito fácil de ser aplicada e com ótimo custo x benefício. Esse tipo de piso surgiu no mercado inicialmente na versão adesiva, utilizando colas especiais para sua aplicação, e hoje pode ser encontrado também em modelo com sistema clic. Ele parece uma espécie de “papel de parede para piso”.A única desvantagem desse tipo de piso é a necessidade de um contrapiso existente bem nivelado e sem ondulações, visto que o vinílico possui uma espessura mais fina, tornando visível qualquer imperfeição.

É possível encontrar diversas versões desse piso, sendo algumas com grande realidade ao aspecto de madeira e com preços em conta. O acabamento é duradouro, resistente a umidade e fungos. Existem até mesmo modelos especiais para cozinhas e banheiros.

Carpete

Quando falamos em pisos para ambientes frios, não podemos deixar de lado o carpete, que é muito popular no exterior, mas não é tão comum aqui no Brasil. Ele pode ser aplicado sobre qualquer tipo de piso e garante conforto e beleza ao seu ambiente.

Suas desvantagens estão relacionadas a limpeza. Como retém muito pó, o carpete deve ser evitado em casas nas quais os moradores possuem alergias, como rinite, e com animais de estimação, visto que o pelo dos mesmo ficará preso. No mercado já existem alternativas que facilitam a limpeza de carpetes e até mesmo alguns modelos de carpete anti alérgicos, mas estes costumam ter preços mais altos.

Projeto: Marília Veiga Interiores
Piso térmico

Situações extremas necessitam de soluções extremas! Em casos de ambientes muito gelados, uma alternativa interessante é o piso térmico. Ele é especialmente recomendado para áreas úmidas, como banheiros, lavabos e cozinhas.

Ao optar por esse tipo de piso, retira-se o piso original, instalam-se cabos calefatores que geram calor e transmite-se para o revestimento do piso que é produzido em material especial a fim de garantir um aquecimento adequado. A produção de calor dentro dos cabos calefatores pode ser de diversos tipos, sendo as mais comuns com água quente corrente ou energia elétrica. A temperatura é controlada por um termostato.

Piso aquecido

 

Imagens: Pinterest; Marília Veiga Interiorestnrcvblg

Escrever um Comentário