Originários dos povos nômades da Ásia e da África, o tapete estilo kilim é o mais antigo tipo de tapete que temos conhecimento. Além de ser um grande aliado na funcionalidade desde os primórdios (serviam para manter as tendas secas e aquecidas) hoje os kilins também tem funções que vão além da decoração – principalmente no Oriente, são muito utilizados como altar de oração, transporte de mercadorias e selas de cavalos. Apesar de trazerem muita história consigo, os kilins são mais atuais do que nunca!

Em diferenciação aos outros tapetes, o kilim não é feito com nós. Os fios são laçados no tear, quase como um bordado, feitos artesanalmente.

Kilim produzido em tear
Produzidos artesanalmente em teares

TONS VIBRANTES

Geralmente seguem uma padronização de tons coloridos, oras puxando para os terrosos. Em sua composição até pode haver cores neutras, mas sempre obedecendo as formas geométricas e as estampas já reconhecidas mundialmente como tradicionais do kilim.

Por serem tapetes estampados com figuras de animais, arabescos, geométricos ou com outras menções à cultura, os kilins são carregados de personalidade e  naturalmente se tornam uma peça colorida por si só. Por isso, a recomendação é utilizá-lo com cautela no ambiente, cuidando para não competir com outras estampas.

A arquiteta Raquel Guarda, do COB Arquitetura e Design, conta porque é adepta da peça:

Eles seguem as últimas tendências de decoração, possuindo variedades listradas, chevron e outros patterns geométricos. Remetendo às diferentes etnias, as estampas trazem toda uma bagagem cultural, que traz um charme único ao ambiente onde for colocado.  Eu, particularmente, adoro usar kilim nos meus projetos! Além de super charmosos, eles trazem muita originalidade ao espaço!

Tons vibrantes e terrosos
Tons vibrantes e terrosos
A decoração ganha tons neutros para o tapete ficar em evidência. Projeto: Julliana Camargo e Marcela Madureira
Kilim chevron neutro
Kilim chevron neutro

ESTILO DE DECOR

Apesar de ser uma peça que remete à tempos antigos, ele se enquadra em diversos estilos decorativos e está super em alta! De ambientes rústicos a modernos, é possível criar composições harmônicas e escolher se você quer deixá-lo como coadjuvante do espaço ou colocá-lo em destaque.

Para quem prefere um visual mais minimalista, a dica é combinar esse tipo de tapete com elementos mais claros, sem muita informação. Assim o kilim vai ser o protagonista da decor!
Aos mais ousados, é permitido criar diferentes jogos de cores e texturas, brincando também com materiais mais inusitados.

O espaço com toque rústico ganhou vida com o tapete
Sala de estar moderna composta por dois kilins simétricos. Projeto: Carolina Fagundes
Sala de estar moderna composta por dois kilins simétricos. Projeto: Carolina Fagundes
Kilim virou protagonista da sala de estar, junto das almofadas estampadas
Kilim virou protagonista da sala de estar, junto das almofadas estampadas

KILIM NA PAREDE

Ele é flexível também na sua usabilidade! Além de decorar o piso, é utilizado também na decoração das paredes em substituição à quadros e pôsters.

Kilim
Usado para preencher a parede da cama
Kilim preenchendo o espaço da cabeceira de cama
A cabeceira de cama ganhou um formato diferente, ocupado pelo kilim

E não são apenas as paredes que ganham personalidade quando falamos de usar o kilim além do piso. Dependendo o seu material, ele se torna um tecido maleável que pode revestir também bancos e outros móveis.

Banco forrado com kilim
Banco forrado com kilim

 

Busca por kilim ou outros modelos? Confira a seção de tapetes em nossa loja virtual ou entre em contato conosco! 😉

 

Imagens: pinterest; Loja Inusual; Casa de Valentina

Escrever um Comentário