As casas e apartamentos estão cada vez mais compactos, por isso é muito importante saber as medidas mínimas para termos uma circulação eficiente e confortável no ambiente. Ao escolher seus móveis, é preciso ter algumas medidas em mente, para não correr o risco de ter um espaço bonito, mas pouco funcional.

Para isso, a arquiteta Raquel Guarda elaborou para a Inusual um esquema prático com medidas importantes para seu dormitório.

Ter um espaço mínimo de circulação entre os móveis e em corredores é essencial em qualquer casa. O espaço mínimo recomendado para uma circulação eficiente é de 60cm, que podemos chamar de uma unidade de passagem. Essa medida é muito importante, por exemplo, na hora da escolha do tamanho de cama que você vai comprar.

Circulação minima no dormitório

Se seu dormitório possibilitar circulações maiores, é legal pensarmos em circulações de 60 à 80cm, priorizando maiores espaços entre a cama e a janela, e no espaço em frente ao guarda-roupas. Espaços maiores também facilitam o uso de modelos de criados mudos mais variados.

Circulação maior no dormitório

Para os guarda-roupas, lembre-se de ter atenção ao espaço que as gavetas e portas ocupam quando abertas, e deixe sempre uma pequena folga. Meça o tamanho da porta e deixe esse tamanho livre em todo o ângulo de abertura.

Caso não tenha esse espaço disponível, opte por portas de correr. Um ambiente que não respeita as áreas mínimas de circulação não só aparenta ser “sufocante”, e “esconde” a beleza dos móveis, como acaba provocando esbarrões e possíveis tombos.

Na empolgação de comprar os móveis para casa, é muito comum escolher aqueles que mais agradaram e não lembrar de checar as medidas. Considerando essas circulações mínimas, o ambiente vai parecer maior e mais fluído!

Escrever um Comentário