Categoria

Produtos Inusual

Categoria

Se tem uma coisa que apreciamos no design é a capacidade de tornar um produto sofisticado mantendo a sua simplicidade. Essa é a essência do trabalho do arquiteto e designer Fabricio Roncca, que segue uma linha clean aliada à conceitos inovadores em suas criações. Hoje especialista em pós modernidade, atua na área desde o ano de 2003 com projetos de arquitetura, interiores e design de mobiliário. O contato com a criatividade foi despertado desde cedo em Fabricio, que na infância frequentava a faculdade de Belas Artes com sua mãe, onde aprendeu a gostar da forma natural do desenho e da pintura. Paulista que cresceu em Belo Horizonte – MG, aprendeu a ver a arquitetura, o folclore e a arte de forma lúdica e intimista. “Busco o caminho, a proporção e a simplicidade da forma perfeita, o projeto nasce de forma natural, sempre inspirado na essência das coisas.”, diz Fabricio. PREMIAÇÕES Planeta Casa Abril . 2008 Brasilidade…

Eles tem o poder de transformar os ambientes, sejam eles simples ou sofisticados. O espelho na decoração combina com diversos estilos e isso o torna um acessório bastante utilizado em interiores. Além de sua estética bonita e versátil, a funcionalidade é o ponto chave deste produto que amamos. Listamos abaixo algumas dicas para o uso dos espelhos na decoração. Amplitude de espaço Eles dão a sensação de amplitude e luminosidade no espaço. Para isso, prefira os espelhos grandes em vez dos menores. Seja atrás da cama, em uma parede inteira ou na porta do armário, confie, porque o ambiente realmente parecerá maior! HALL E CORREDOR Dois cômodos que geralmente são pequenos e/ou estreitos, podendo ser bem trabalhados com o uso do espelho, gerando uma sensação de profundidade. Também podem ser usados espelhos decorativos em substituição a quadros, que ficam igualmente bonitos e elegantes. DIFERENTES FORMATOS E COMPOSIÇÕES Costumamos dizer…

Na hora de escolher o material do seu sofá bate aquela dúvida em optar pelo couro natural ou couro sintético? Que ambos trazem uma aparência sofisticada ao sofá/poltrona, todos sabemos, mas sempre é bom levar em consideração a usabilidade que o móvel terá, seu valor, estética e conforto. Os termos “couro ecológico” e “couro sintético” ainda são frequentes no comércio em virtude do conhecimento popular de tais tecidos, mas vale lembrar que desde 2014 há uma medida educativa (não punitiva) prevista em lei, que estipula que apenas a pele animal seja chamada de “couro”. Em virtude da variedade de nomenclaturas, as marcas passaram a usar os nomes “couro natural” ou “couro legítimo” para os produtos de pele animal. De toda forma, seguiremos com as nomenclaturas identificadas pelos fornecedores para que possamos diferenciar facilmente uns dos outros. Listamos aqui algumas vantagens e desvantagens de cada material para que você possa optar pelo que…

Para compor esse ambiente, escolhemos a cabeceira de cama Cila estofada, que emoldura a cama, juntamente com o Recamier Maison. Um home office no quarto é uma pedida prática e bem contemporânea, a Escrivaninha Leca e a Poltrona Compatto dão conta dessa tarefa com perfeição.  A pitada industrial vem também com o criado mudo espelhado João Pessoa, e o tapete em couro natural! Esse dormitório ficou lindo, atual, e nada óbvio! A essência do romantismo nos dias de hoje!  Todos os produtos tagueados aqui você encontra na loja virtual da Inusual, onde lá você pode definir entre diversos acabamentos (cores, tecidos, materiais, etc).

Com as moradias de espaços reduzidos se tornando frequentes, os sofás cama estão ganhando cada vez mais a simpatia das pessoas. Houve o tempo em que não eram tão simpáticos assim aos olhos do público: sua fama era de pouco conforto e modelos não muito bonitos no mercado. Mas esse preconceito já foi superado – e como! -, visto que hoje em dia eles não deixam a desejar em nenhum quesito. Pelo contrário. Os sofás cama agregam vantagens para quem busca funcionalidade sem perder a elegância. o que saber antes de comprar? A primeira coisa a se observar é o tamanho dele. Considere o seu tamanho aberto e calcule uma folga de pelo menos 70cm para circulação. Veja também qual é o tipo de abertura. Alguns abrem para frente, outros se “desdobram”, outros expandem para ambos os lados, e isso pode fazer toda a diferença se o seu espaço for limitado. Escolha…

Vencedor de diversos prêmios, inclusive um iF Product Design Awards, Gustavo se tornou um dos grandes ícones do mercado brasileiro quando o assunto é inovação sustentável. Formado em Design de Produto pela Universidade Tuiuti, do Paraná, e com especialização em Eco Design pela UNINDUS, a busca pelo inusitado e surpreendente fazem parte do dia a dia do designer. Entre diversas criações, uma de suas peças mais famosas é a fruteira Centopéia. Além de permitir a montagem em diversos formatos, o produto ainda valoriza as frutas e é confeccionada a partir de fibras naturais de cana-de-açúcar, coco ou madeira. Os ímãs nas extremidades permitem fechá-la em um círculo com 42cm de diâmetro. Se for esticada, pode chegar a 67cm de comprimento. São diversas as configurações que podem ser feitas mudando seu formato. Há, inclusive, quem una duas fruteiras em uma só! A séria “cartas” também ganha destaque no portfólio de…

Carregada de história, a madeira de demolição é um material com grande personalidade para decorar o ambiente. Retirada de antigas construções, o estado natural é o que mais chama atenção: quanto mais rústica, mais bonita. Mas engana-se quem pensa que ela só é utilizada em espaços rústicos, com ar antiquado. Pelo contrário – atualmente, a mescla do estilo moderno/contemporâneo com toques de rusticidade está em alta! Além da “exclusividade” que uma peça nesse material traz (porque ela sempre vai ser única!), a sustentabilidade é outro ponto positivo, visto que sua matéria-prima é geralmente reutilizada. Confira alguns lugares interessantes para utilizar a madeira de demolição na sua casa e deixar o ambiente mais charmoso: 1 – PAINÉIS 2 – BANCADAS  3 – VARANDAS 4 – COMPLEMENTOS Para conferir mais complementos em madeira de demolição, clique aqui. 5 – PORTAS Cuidados com a madeira de demolição Por ser um material robusto e durável, a madeira…

Tradicionalmente, o estilo rústico é associado a antigas casas de campo e, embora seja esse um dos seus habitats naturais, a verdade é que este tipo de decoração pode ser recriada em qualquer espaço! A decoração rústica é aconchegante, atemporal e convidativa. Recheada de materiais puros, aquece e conforta, te convida para entrar. Os revestimentos

Já aconteceu de você barrar na definição do acabamento na hora de comprar aquela cadeira/mesa/poltrona tão desejada? A escolha entre aço inox, aço escovado e cromado é uma dúvida frequente entre muita gente, que pode pesar a longo prazo se não for bem escolhida de acordo com a sua necessidade. Mas afinal, quais são as características de cada um? AÇO INOX Considerado um material de prestígio em móveis e decorações, ele ganha espaço por sua fácil manutenção e qualidade. Já diria o próprio nome, o aço inoxidável apresenta uma resistência maior à corrosão. É uma liga de ferro e cromo (entre outros elementos químicos, dependendo da composição), que ganha uma camada passiva quando o oxigênio entra em contato com o cromo. Essa camada passiva é uma “película protetora” que evita a oxidação do aço, oferecendo muito mais resistência e durabilidade se comparada ao aço cromado. Na manutenção o aço…

Fazer uma receita especial e convidar os amigos para jantar é maravilhoso. E tem um detalhe que faz grande diferença: a mesa de jantar. Com tantos modelos e opções de materiais fica difícil escolher, mas com algumas dicas simples você pode encontrar a mesa certa para sua casa. Comece analisando quanto espaço você tem. Lembre-se de deixar pelo menos 70cm entre a mesa e outros móveis para garantir uma circulação tranquila. Escolha o formato: quadradas, retangulares ou redondas. ESPAÇAMENTO ENTRE CADEIRAS As mesas quadradas e retangulares requerem mais espaço porque é preciso calcular a folga entre cada cadeira, para que possam sentar confortavelmente. É importante que você já tenha em mente a largura da cadeira escolhida, que influenciará na escolha do tamanho da mesa. Conforme mostra a ilustração, se possível, deixe 40cm de folga em cada canto da mesa. Se a cadeira estiver na ponteira, sozinha, calcule apenas 20cm de cada lado.…